Skip to content


Chrome OS: qual a estratégia a longo prazo?

O lançamento, ou melhor disponibilização dos fontes do Google Chrome OS esta semana, marcou um passo importante nos planos do Google de se tornar uma força competidora também na área de sistemas operacionais. Seu alvo óbvio é a Microsoft mas, o que se passa pela cabeça do pessoal da gigante de Montain View? Quais os planos a longo prazo?

Nós sabemos que o Chrome OS, apesar de ser baseado em Ubuntu, não vai ser um sistema operacional de uso geral mas uma interface para serviços que estarão “na núvem” para falar o jargão computacional corrente e este virá já pré-instalado em máquinas portáteis como netbooks. Em uma conversa com um dos parceiros do Google que está trabalhando em alguns destes equipamentos, em condição de anonimato me foi dito que:

  • O plano mestre do Google é puro e simples: dominar o mercado dos dispositivos de computação pessoal, hoje controlado pela Microsoft em 10 anos. Os planos já existem e estão sendo postos em prática.
  • Existe um projeto de referência do que será o equipamento padrão a usar o Chrome OS. Este teria:
    • Uma tela de dimensões e resoluções que foram chamadas de “não convencionais”.
    • Um teclado de layout também não convencional.
    • A ideia é este design faria com que um sistema operacional “padrão” (leia-se estilo Windows, com menus, etc) simplesmente ficaria estranho demais no equipamento mas perfeito com o Chorme OS, criando uma experiência única e totalmente satisfatória para o usuário.
  • Os diversos parceiros que já assinaram com o Google comprometeram-se a lançar uma série de dispositivos já no próximo ano.

Bom, como disse, isso não é a posição oficial do Google mas parece bem consistente com os passos que a empresa tem tomado.

Parece que ano que vêm vai ser muito interessante :)

Posted in Canonical, Linux, Ubuntu. Tagged with , , , .

0 Responses

Stay in touch with the conversation, subscribe to the RSS feed for comments on this post.

You must be logged in to post a comment.